fbpx
Connect with us

Economia

Investir 13º antecipado pode ser uma boa estratégia para ter renda extra

A decisão de antecipar o 13° salário atende aos pedidos dos próprios servidores estaduais.

Publicado

on

A antecipação do 13º salário dos servidores estaduais vai representar um volume extra de mais de R$ 200 milhões na conta no dia 5 de julho. Além de movimentar o comércio, colocando mais dinheiro para giro na economia, este valor ainda poderá ser usado também para que garantir bons rendimentos para os servidores. A opinião é do economista Michel Constantino, que é PhD em Economia e professor da Universidade Católica Dom Bosco (UCDB). “Os servidores que reclamam da antecipação é um alerta, são pessoas que não possuem planejamento”. salientou o professor da UCDB.

Ele ainda destaca que a antecipação do 13º pode ser utilizada para pagar dívidas ou antecipar contas a prazo, isso ajuda a reduzir os juros. “Um exemplo é o financiamento de imóveis e veículos”, enfatizou. Quem estiver mais organizado nas contas poderá ainda fazer investimentos. “Com os juros em alta, os investimentos em CDI são os menos arriscados e mais rentáveis. Os CDIs são atrelados à taxa Selic que esta em alta”, explicou.

Além disso a pessoa pode investir em LCI e LCA – com a possibilidade de pré fixado, o investidor de LCI e LCA pode saber se qual será o ganho real no futuro, ou seja, no momento de resgatar.
“Sabemos que muitos usam o dinheiro extra para acertar as contas. Essa não é uma recomendação de investimento, mas, dicas para fazer as melhores escolhas”, acrescenta Constantino.

Datas

No dia 30 de junho, o Governo do Estado deposita o salário dos servidores públicos que estará disponível para o saque a partir de 1° de julho. Já a antecipação da metade do 13° salário será paga em 5 de julho, podendo ser sacado pelos funcionários em 6 de julho. Segundo dados da SAD (Secretaria de Estado de Administração e Desburocratização) com o pagamento do salário e da metade do 13° serão injetados R$ 736,5 milhões na economia do Estado, o que vai movimentar e ajudar o comércio local em diferentes cidades. A folha salarial referente a junho será de R$ 527.642.240,48, para 84 mil servidores, entre ativos, inativos e pensionistas. Já a antecipação do 13° corresponde a um pagamento de R$ 208.899.358,08.

O governador Reinaldo Azambuja ressaltou que a decisão de antecipar o 13° salário atende aos pedidos dos próprios servidores estaduais.

(Com assessoria. Foto: Divulgação)

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

Dia dos Pais chegando,confira a pesquisa de preços realizada pelo PROCON de Três Lagoas

O Órgão listou 7 categorias

Publicado

on

Para ajudar os consumidores na escolha do presente do Dia dos Pais o Programa Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor de Três Lagoas- PROCON TL – realizou a pesquisa de preços dos itens mais procurados para homenagear o “paizão”.

O Órgão listou 7 categorias sendo elas vestuário, calçados/acessórios, perfumaria, celulares/tablets/notebooks, barbeadores, ferramentas e cestas de café da manhã.

Os pesquisadores percorreram quatro lojas de calçados para pesquisar e comparar o preço deste produto, encontrando opções que foram desde chinelos de R$ 29,99 a R$ 129,90 a sapato social de R$ 59,99 a R$ 639 dependendo de modelo, marca e estabelecimento.

No setor de vestuário, a camiseta básica pode ser encontrada de R$ 29,99 a R$ 159. A diferença de preço da calça jeans é de até 369,47%, considerando a mais barata por R$ 84,99 e a de preço mais alto por R$ 399,00.

Se o presente for um novo celular a variação de preços entre os seis modelos listados pelo Procon em quatro lojas pode chegar a ser de R$ 949 a R$ 1.299 o Galaxy A03 64 GB e R$ 1.599 a R$ 2.199 o Motorola G52 128 gb.

(Com assessoria. Foto: Divulgação)

Continue Lendo

Economia

Bandeira tarifária de agosto segue verde

A bandeira será válida para todos os consumidores conectados ao Sistema Interligado Nacional

Publicado

on

A Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL anunciou a aplicação da bandeira verde para o consumo de energia no mês de agosto. Isso significa que as condições de geração de energia elétrica nas usinas hidrelétricas continuam favoráveis, não sendo necessário acionar usinas mais caras.

A bandeira será válida para todos os consumidores conectados ao Sistema Interligado Nacional – a malha de transmissão de energia que conecta as usinas do País aos consumidores – que cobre quase todo o território brasileiro.

Por que existem as bandeiras tarifárias?

Criado pela ANEEL, o sistema de bandeiras tarifárias sinaliza o custo real da energia gerada, possibilitando aos consumidores o bom uso da energia elétrica, especialmente quando as condições de geração não são favoráveis. Além disso, esse custo é pago de imediato nas faturas de energia, o que desonera o consumidor do pagamento de juros da taxa Selic sobre o custo da energia nos processos tarifários de reajuste e revisão tarifária.

As bandeiras dão transparência ao custo real da energia e permitem ao consumidor se programar e ter um consumo mais consciente. Antes, ele não sabia que a energia estava mais cara. Agora ele sabe e pode se programar. Se a bandeira está vermelha, ele sabe que é conveniente economizar, ter um consumo mais consciente e evitar o desperdício de água e energia.

(Com assessoria. Foto: Divulgação)

Continue Lendo

Economia

Pequenos negócios geram 72% das vagas de emprego no primeiro semestre

Micro e pequenas empresas criam 961 mil postos no período no país

Publicado

on

As micro e pequenas empresas (MPE) puxaram a criação de empregos formais no primeiro semestre. Dos cerca de 1,33 milhão de postos de trabalho formais criados no Brasil de janeiro a junho, 961,2 mil, o equivalente a 72,1% do total, originaram-se em pequenos negócios.

A conclusão consta de levantamento do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), com base em dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério da Economia. O desempenho das MPE é bastante superior ao das médias e grandes empresas, que abriram 279,1 mil vagas nos seis primeiros meses de 2022.

Apenas em junho, os negócios de menor porte foram responsáveis pela abertura de 63,6% das vagas formais no mês, com 176,8 mil de um total de 277,9 mil postos de trabalho criados no mês passado. As médias e grandes empresas abriram 73,9 mil vagas (26,6% do total).

Setores

Na divisão por setores da economia, os pequenos negócios apresentaram saldo positivo na criação de empregos em todos os segmentos no acumulado do ano. O destaque entre as micro e pequenas empresas é o setor de serviços, que gerou 533 mil vagas. Apenas em junho, o segmento abriu 78 mil postos.

A construção e a indústria da transformação aparecem na segunda e na terceira posições, com 168,8 mil e 126,3 mil empregos gerados, respectivamente. No comércio, as MPE criaram 90,6 mil postos de trabalho de janeiro a junho. As médias e grandes empresas, em contrapartida, fecharam 42,8 mil vagas no período.

(Fonte: Agência Brasil. Foto: Reprodução)

Continue Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2021 Pauta 67