fbpx
Connect with us

Esportes

Divulgada pontuação preliminar dos inscritos no Bolsa Atleta

Ao todo, o programa contemplará 346 atletas e 38 técnicos nesta edição

Publicado

on

A Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte) publicou, nesta segunda-feira (20), a pontuação preliminar dos inscritos no programa Bolsa Atleta 2022-2023. A relação completa está disponível no Diário Oficial do Estado (clique aqui para acessar).

Vale ressaltar que esta não é a relação de aprovados para receber o benefício, apenas uma listagem contendo a pontuação preliminar da documentação apresentada, conforme os requisitos para a concessão do benefício.  Os candidatos interessados em interpor recurso referente a sua pontuação têm o prazo de cinco dias úteis a contar da data da publicação no Diário Oficial, ou seja, até a próxima segunda-feira (27), às 17h. O recurso deve ser protocolado na sede da Fundação, localizada na Av. Mato Grosso, Nº 5778, bloco 4.

O Comitê Gestor da Bolsa Atleta e Bolsa Técnico (Cogeb) julgou e classificou os atletas com base nas informações contidas nas declarações de desempenho em competições apresentadas na inscrição, utilizando a Tabela de Pontuação, presente na Portaria Normativa/Fundesporte Nº 03, de 01 de abril de 2022. Para a seleção dos bolsistas, contam os resultados de competições estaduais, regionais, nacionais e internacionais disputadas no período de 1º de janeiro de 2021 a 31 de março de 2022.

Após a fase de pontuação, serão realizadas entrevistas com os candidatos melhor classificados no ranking por pontos. Os mais qualificados, conforme critérios normativos do Cogeb/Fundesporte, serão os beneficiados. A classificação dos requerentes ao Bolsa Técnico, que contempla profissionais formadores e treinadores, depende exclusivamente dos resultados de seus respectivos atletas no processo seletivo.

Ao todo, o programa contemplará 346 atletas e 38 técnicos nesta edição, com recursos mensais de R$ 327.000,00 e R$ 3,9 milhões somando-se todos os pagamentos (12 meses). Os valores das bolsas por mês variam de R$ 500,00 a R$ 1.500,00. Os recursos são provenientes do Fundo de Investimentos Esportivos (FIE/MS).

As oito categorias do Bolsa Atleta estão divididas da seguinte forma: Estudantil (121 bolsas de R$ 500), Universitário (15 de R$ 950), Nacional (134 de R$ 950), Nacional Paralímpico (28 de R$ 950), Máster (11 de R$ 950), Pódio Complementar (11 de R$ 1.200), Pódio Complementar Paralímpico (13 de R$ 1.200) e Internacional (13 de R$ 1.200). O Bolsa Técnico tem duas categorias: Técnico I (19 bolsas de R$ 1.000) e Técnico II (19 de R$ 1.500).

O programa de auxílio financeiro do Governo do Estado objetiva garantir condições aos atletas de alto rendimento, para que se dediquem ao treinamento desportivo e representem Mato Grosso do Sul em competições nacionais e internacionais, além de valorizar o profissional responsável pela formação e desenvolvimento de atletas.

Serviço

A Fundesporte criou um canal de comunicação para mais informações e esclarecimento de dúvidas. Basta entrar em contato pelo telefone (67) 3323-7225 ou adicionar este número e mandar uma mensagem pelo WhatsApp.

(Com assessoria. Foto: Divulgação)

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esportes

Mato Grosso do Sul termina o Brasileiro Sub-18 de Judô com cinco medalhas

O evento foi organizado pela Confederação Brasileira de Judô (CBJ)

Publicado

on

A delegação que representou Mato Grosso do Sul no Campeonato Brasileiro Sub-18 de Judô voltou para a casa com a mala mais pesada. Duas medalhas de ouro e três de bronze foram conquistadas pelos sul-mato-grossenses na competição, que neste ano foi sediada em Vitória (ES), nos dias 25 e 26 de junho. O evento foi organizado pela Confederação Brasileira de Judô (CBJ), e os atletas contaram com o apoio do Governo do Estado, através da Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte) para participar das disputas.

No quadro de medalhas geral e masculino, Mato Grosso do Sul figurou em quarto lugar, atrás de São Paulo, Paraná e Rio de Janeiro. No quadro feminino, o estado terminou em terceiro lugar, atrás de São Paulo e Paraná. “Mato Grosso do Sul mais uma vez figura entre os melhores do Brasil. Esse é o resultado do esforço e dedicação de nossos atletas, além do investimento do Governo do Estado em seus talentos. Este é apenas o início de uma carreira brilhante”, declara o diretor-presidente da Fundesporte, Silvio Lobo Filho.

Conforme a CBJ, a competição contou pontos para o Ranking Nacional, que determina quais atletas representarão o Brasil em competições internacionais. “Todo o trabalho dos clubes nos proporcionou esse resultado”, conta Marcelo Matos, diretor-técnico da Federação de Judô de Mato Grosso do Sul (FJMS). “Era uma seleção recheada de talentos, e esse retorno apenas nos comprova isso. Essa faixa etária é decisiva para decidir o futuro destes atletas no esporte, e mais uma vez estamos nos colocando entre os melhores da categoria”, continua.

Segundo Marcelo, o momento é para ficar de olho nas competições mundiais. “Os resultados demonstrados nessa idade são a porta de entrada para eventos de grande porte. Mato Grosso do Sul demonstrou sua força em uma competição de alto nível, em frente aos olhos de técnicos da Seleção Brasileira”, conclui.

O Campeonato Brasileiro Sub-18 de Judô foi realizado pela Confederação Brasileira de Judô (CBJ). A delegação sul-mato-grossense contou com o apoio do Governo do Estado, por meio da Fundesporte, para sua participação.

Confira abaixo os resultados da Competição:

Relatório – Campeonato Brasileiro Sub-18 de Judô

(Com assessoria. Foto: Divulgação)

Continue Lendo

Esportes

Paralimpíadas Escolares classificam atletas para etapas regionais e nacionais

O evento reuniu cerca de 112 estudantes-paratletas (35 no feminino e 77 no masculino)

Publicado

on

Após um fim de semana de competições, chegou ao fim a 11ª edição das Paralimpíadas Escolares de Mato Grosso do Sul. O evento foi sediado em Campo Grande, dos dias 24 a 26 de junho, com disputas de bocha e atletismo, garantindo vagas na competição regional das categorias, e atletismo, valendo a classificação para a etapa nacional. As Paralimpíadas são uma realização do Governo do Estado, por meio da Fundesporte (Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul).

O evento reuniu cerca de 112 estudantes-paratletas (35 no feminino e 77 no masculino), com deficiências física, intelectual e visual, na faixa etária de 11 a 18 anos (divididas em sub-14, sub-16 e sub-18). Eles representaram sete municípios: Campo Grande, Chapadão do Sul, Dourados, Nova Andradina, Rio Brilhante, Sidrolândia e Três Lagoas.

Em 2021, o evento reuniu 69 estudantes-paratletas de seis municípios, 43 a menos do que a atual edição. “Ficamos muito felizes ao observar o crescimento dos esportes paralímpicos em nosso estado”, declara o diretor-presidente da Fundesporte, Silvio Lobo Filho. “O aumento de atletas e municípios participantes nos mostra os resultados de nossos investimentos, e não poderíamos ficar mais satisfeitos. Estes estudantes representarão Mato Grosso do Sul diante de todo o Brasil e, posteriormente, diante de todo o mundo”, conclui.

No paratletismo e na bocha paralímpica, os participantes buscaram classificação à fase regional 3 das Paralimpíadas Escolares, que acontecerá em São Paulo (SP), de 5 a 10 de setembro. Já os melhores do tênis de mesa asseguraram vaga direta à etapa nacional, também na capital paulista, de 21 a 26 de novembro.

Confira abaixo os resultados da competição:

Resultados – Atletismo masculino

Resultados – Atletismo feminino

Resultados – Tênis de Mesa

Resultados – Bocha

(Com assessoria. Foto: Divulgação)

Continue Lendo

Esportes

Coxim se prepara para receber a Copa dos Campeões em quatro modalidades

Serão duas etapas. A primeira terá disputas de basquetebol e futsal, de 29 de junho a 3 de julho

Publicado

on

Coxim será a casa do esporte escolar em Mato Grosso do Sul entre os dias 29 de junho e 8 de julho. O município ajusta os últimos detalhes para receber a Copa dos Campeões, para estudantes-atletas de 15 a 17 anos. O torneio, organizado pelo Governo do Estado, por meio da Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte), reúne as melhores equipes do basquetebol, handebol, futsal e voleibol, que participaram dos Jogos Escolares da Juventude de Mato Grosso do Sul.

Serão duas etapas. A primeira terá disputas de basquetebol e futsal, de 29 de junho a 3 de julho. Na sequência, de 4 a 8 de julho, acontecerão os jogos de handebol e voleibol. As partidas vão ocorrer nos ginásios Ademir Mochi, Fernando Fontoura, na Fundação Educacional de Coxim (FEC) e na Escola Municipal Marechal Rondon.

Estima-se que cada etapa envolva cerca de 500 pessoas, entre estudantes-atletas e equipe técnica. “É com prazer imenso que levamos a Copa dos Campeões para Coxim que, além de movimentar o esporte, fomenta a economia e o turismo local”, destaca o diretor-presidente da Fundesporte, Silvio Lobo Filho. Ao todo, 10 hotéis vão abrigar as delegações.

Coxim volta a receber uma competição escolar da Fundesporte após quatro anos. “Nós estamos a todo vapor fazendo os últimos ajustes nas quadras. A expectativa é muito grande e estamos muito feliz de receber os jogos. Coxim está de portas abertas para receber as delegações que vêm representar seus municípios”, afirma a gerente de esportes do município, Thaila Borges.

As equipes campeãs da Copa, em cada modalidade, vão representar Mato Grosso do Sul na etapa nacional, os Jogos da Juventude, realizados pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB). O evento, envolvendo todos os estados do país e o Distrito Federal, terá sede em Aracaju (SE), de 1º a 18 de setembro. O formato da competição é por seleções, ou seja, uma mesma equipe pode ser composta por estudantes-atletas de várias instituições de ensino públicas e/ou privadas.

(Com assessoria. Foto: Divulgação)

Continue Lendo

Mais Lidas

Copyright © 2021 Pauta 67